Quais são os benefícios da Industria 4.0 para o setor da Moda

May 23, 2019 6:16:53 PM

A quarta revolução industrial, a chamada Indústria 4.0, também introduziu a tecnologia digital no setor da moda. Maior precisão e eficiência, redução do consumo, melhoria dos recursos humanos, inovação, flexibilidade e rapidez, os benefícios para as empresas são inúmeros e todos a serem descobertos, graças à disponibilidade e utilização dos dados, do famoso Big Data.

Industria 4.0, uma realidade

Não são apenas palavras, hoje as tecnologias que permitem um salto qualitativo estão realmente disponíveis e trazem benefícios reais em pouco tempo. Para a indústria em geral, se fala de um ganho em torno de 25% a mais no retorno sobre o capital investido (ROI - retorno sobre o capital investido), o que para as empresas significa margens crescentes, somando as vantagens de um trabalho realizado com mais agilidade e da melhor forma, com a economia de materiais e energia. A Fábrica se torna inteligente, as informações não são mais compartimentadas, mas, acessíveis em tempo real para a melhor tomada de decisão e melhor rendimento do trabalho. A eficiência entra em ação desde o início do pedido e se propaga, graças aos dados, em todas as fases do ciclo de produção.

Isso não significa que teremos fábricas feitas apenas de robôs, a moda é um setor criativo onde a experiência, a mão humana sempre será indispensável. A tecnologia serve para funcionar melhor, com a tranquilidade de que os tempos serão respeitados e o cliente ficará satisfeito e renovará sua confiança.

Eficiência chama eficiência: as ferramentas tecnológicas e informatizadas focalizadas no mundo da moda, ajudam a desencadear o ciclo virtuoso de eficiência em toda a cadeia produtiva.

Os benefícios da Industria 4.0

Concretamente, quais os benefícios que a gestão de uma empresa de moda, pode obter com a atualização da Industria 4.0?

A primeira preocupação dos empresários é poder responder as demandas do mercado com flexibilidade e rapidez. As coleções seguem freneticamente no decorrer do ano, para assegurar as entregas de novidades, exclusividade e personalização do mundo do varejo. Os lotes estão cada vez menores em comparação aos anos anteriores, com a complicação adicional de uma maior variedade no pedido e menor padronização. É um desafio para todos, mesmo em empresas menores que, por exemplo, se deparam com a dificuldade de resumir todos esses elementos em uma proposta orçamentária, que seja efetivamente sustentável e rentável, sem surpresas de ultima hora. O mundo digital é capaz de entender todas as variáveis e oferecer ferramentas concretas para avaliar o custo efetivo, graças a fábrica integrada e conectada.

Mais eficiência significa sustentabilidade

A fábrica reorganizada nos termos da Industria 4.0 é toda conectada, o que significa que o que é feito em cada fase é constantemente monitorado e é avaliado em tempo real no planejamento do trabalho. A disponibilidade desses dados na verdade abre um mundo de novas possibilidades e sugere novas otimizações e estratégias. As pessoas podem se comunicar umas com as outras em tempo real e também com as máquinas que, por sua vez, trocam dados que contribuem para um melhor gerenciamento. Os dados apresentados corretamente se tornam uma experiência compartilhada que ajuda e amplifica o conhecimento das pessoas. A informação torna-se conhecimento operacional.

As dificuldades resolvidas em um processo, as boas ideias aproveitadas, se tornarão uma vantagem operacional, também para os processos subsequentes. Um primeiro beneficio evidente: o papel desaparece. Enquanto o consumo de energia também será calibrado para as necessidades reais, sem desperdício. Sustentabilidade também é um tópico que os consumidores estão cada vez mais antenados: eles querem saber como o que eles compram é produzido, eles querem respeitar o meio ambiente e as pessoas.

A fábrica com a manufatura 4.0 será capaz de enfrentar sempre novos desafios em um mercado muito animado como o da moda. A demanda e as mudanças na demanda, os novos desejos dos consumidores, a logística, a disponibilidade de pessoal e energia, na Indústria 4.0 também são dados simples a serem incluídos em um algoritmo e a serem avaliados da maneira mais vantajosa. Gerenciar pedidos enviados a empresas externas torna-se uma operação de rotina e não um gargalo que arrisca bloquear a cadeia de valor. Gerenciar a produção de peças exclusivas, uma para cada variante, em breve não será um problema, mas representará uma gestão comum. O conhecimento profundo das necessidades do cliente e da dinâmica de produção presumivelmente também favorecerá o desenvolvimento de serviços direcionados, para fazer a diferença e ganhar ainda mais valor agregado. Pense nos possíveis desenvolvimentos na comercialização do produto acabado, co-design remoto e gerenciamento de fornecedores.

Habilidade e Industria 4.0

A inovação para as empresas do setor da moda é essencial, para garantir o desenvolvimento sustentável dos seus processos e estar preparado para atender o crescimento substancial das personalizações exigidas pelo mercado. Preparar-se para essa nova realidade, pode definir a sobrevivência da empresa, e certamente será um diferencial competitivo em relação aos concorrentes.